Pára de procrastinar! 4 coisas que te impedem de ter sucesso

Pára de procrastinar! 4 coisas que te impedem de ter sucesso

Quando olhas à tua volta, parece que toda a gente está a ter sucesso com os seus projetos… Menos tu! Tens imensas ideias e coisas para fazer, mas acabas a procrastinar e a deixar tudo para amanhã. Também sentes isto? Então, continua a ler! 

Nem sempre a culpa de não concretizarmos os nossos projetos é da falta de tempo. Às vezes somos nós que arranjamos desculpas para não concretizar. É isso é natural. Mas não podes deixar que a procrastinação leve a melhor. No fim, quem tem de ganhar és tu! 

Confesso que já fui a rainha da procrastinação. Havia sempre qualquer coisa para fazer primeiro… Estender a roupa, arrumar a casa, espreitar o Instagram… Ao longo do tempo fui percebendo que estas desculpas eram mecanismos da minha mente para me impedir de falhar. O medo de ser uma fraude (se ainda não leste sobre isto, espreita este artigo) fazia-me encontrar todas as alternativas possíveis às tarefas que tinha em mãos.

Consegui identificar 4 coisas que me estavam a fazer procrastinar. Para cada uma delas, identifiquei também algumas atitudes que me faziam produzir mais e adiar menos. Partilho agora contigo. Se te identificas com esta inércia, pode ser que te consiga ajudar…

4 Coisas que te impedem de ter sucesso

#1: O Medo de Falhar

Feito é melhor do que perfeito! Se o que te está a impedir de lançar o teu projeto é ainda não teres todos os materiais que definiste prontos (website, portfolio, logótipo, …) está na hora de parares de adiar. Esse medo de falhar que te leva a revisitar tudo, constantemente, e nunca dar nada por terminado está a impedir-te de avançar para o próximo nível!

O tempo é, tal como o dinheiro, um recurso limitado. Por isso, não vale a pena perderes tempo a fazer e refazer todas as pequenas coisas que precisas para desenvolver o teu projeto. Identifica o que é mais importante e investe o teu tempo nisso. O resto ficará para quando tiveres pequenos blocos de tempo disponíveis e não precisas de rever e alterar uma e outra vez…

O que podes fazer:

  • Pensa, para cada material, qual é o pior cenário se o lançares e ele não estiver perfeito. Isto vai ajudar-te a criar uma lista de importância e a definir o que vale realmente o investimento do teu tempo.
  • Observa o trabalho dos outros. Será assim tão perfeito? Ou será que, pontualmente, também eles falham? Perceber que os outros não são perfeitos pode ajudar-te a ganhar confiança.
  • Aprende a decidir quando está suficientemente bom. Qualquer trabalho tem margem para melhoras. Mas se estás constantemente a corrigir e nunca o colocas disponível para os outros, nunca saberás ao certo o que podes melhorar.

#2: Não saber por onde começar

É fácil perdermo-nos na lista de coisas a fazer, especialmente no início. Por onde começo? Procuro clientes ou construo o meu website? O que devo fazer primeiro? Na indecisão, acabas por adiar todas as tarefas que tens para fazer.

O que podes fazer: 

  • Define uma data, uma ação e partilha com alguém. Por exemplo: define que, dentro de 5 dias, vais fazer a tua primeira proposta de serviços. Partilha está decisão com alguém especial. Assim, crias um sentimento de compromisso que é mais difícil de ignorar.
  • Faz download da checklist Quero Ser Freelancer, e Agora? para te guiar nos primeiros passos. 

#3: Tens demasiadas coisas para fazer

Outra coisa muito comum é paralisar perante uma lista de tarefas extensas. Se somares um projeto de freelance a um trabalho a tempo inteiro, ainda pior. O teu cérebro tem uma capacidade de atenção limitada e se não lhe dás uma ajuda, serás incapaz de ser produtiva ou criar algo novo e interessante.

O que podes fazer:

  • Escolhe uma App de organização (Asana, Trello, Todoist, …) simples e versátil, que possas consultar tanto no telemóvel como no computador.
  • Faz uma lista das tuas tarefas. Podes colocar as tarefas por ordem decrescente (a mais importante primeiro) ou criar 3 listas diferentes: urgente, prioritário e quando possível. 
  • Por cada 3 tarefas urgentes que completes, completa também 2 prioritárias. As da lista quando possível ficam para os pequenos intervalos entre tarefas de maior importância. 

#4: Não estás suficientemente motivada

Há alturas em que não nos apetece fazer nada. Não há problema. É natural, se for pontual e não constante. 

Vou contar-te um segredo: descobri que os dias do ciclo menstrual têm muito efeito na minha produtividade e aprendi a lidar com isso. Não vale a pena sentar-me em frente a um computador se não vou conseguir fazer nada e o pouco que conseguirei fazer não me vai agradar. Mais vale aceitar e renovar energias.

O que podes fazer: 

  • Conhece o teu corpo e prepara de antemão estes momentos. Aposta no descanso e no autocuidado. Nunca tentes levar o teu corpo ao limite: a fatura vai ser muito cara! 
  • Cria conteúdo extra para blog, website e redes sociais para que o teu alcance não seja prejudicado.
  • Agenda o conteúdo nos diferentes meios.

E lembra-te: procrastinar é saudável. Mas só (muito) de vez em quando! 

YOU MIGHT ALSO LIKE

Leaver your comment